Passar para o conteúdo principal
Amélia Fonseca
Investigador

Amélia Fonseca é licenciada em Biologia pela Universidade dos Porto (1990) e Doutorada em Biologia, especialidade em Genética, pela Universidade dos Açores (2006), onde é atualmente Professora Auxiliar na Faculdade de Ciências e Tecnologia. É membro do Grupo de Investigação em Ecologia das Águas Interiores (FRESCO) do CIBIO. Os seus principais interesses de investigação são: a biodiversidade e a caracterização genética de espécies de microalgas e cianobactérias através da combinação de marcadores genéticos moleculares; também tem interesse na pesquisa genética das espécies insulares com grande potencial em toxicidade, bioatividade e de aplicação biotecnológica. Participou em projetos de investigação e prestações de serviço de diversas áreas científicas, como o estudo da ecologia e evolução do pombo-torcaz dos Açores; o desenvolvimento de metodologias para a recuperação e melhoria de gestão de ecossistemas aquáticos, e mais recentemente, na caracterização genética e identificação molecular de cianobactérias da coleção de cultivos BACA. É autora de mais de 50 publicações entre capítulos de livros, artigos em revistas científicas, relatórios técnicos e de comunicações (orais e posters). Possui uma vasta experiência letiva em unidades curriculares relacionadas com a área da genética e das técnicas de biologia molecular, tendo orientado inúmeros alunos de licenciatura, dois estudantes de mestrado e um de doutoramento.

Informação de Contacto

Publicações

Selection underlies phenotypic divergence in the insular Azores woodpigeon. (n.d.). , 50, 1-15, .
Distribution of Toxic Cyanobacteria in Volcanic Lakes of the Azores Islands. (n.d.). , 12.
A critical review of cyanobacteria distribution and cyanotoxins occurrence in Atlantic Ocean islands. (n.d.). , 41, 73-89, .
First occurrence of Cylindrospermopsin in the Azores (Lake Sao Bras, S. Miguel Island). (n.d.). .